Informações

Sobre o Pólo

SOBRE O POLO

A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões é uma Instituição Comunitária, comprometida com sua região de abrangência, notadamente no que se refere à produção de conhecimento e tecnologia. Atualmente sob a coordenação da FURI/URI estão três Pólos de Modernização Tecnológica e um Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico - NUDETEC, resultado de parcerias, e implantados através da Secretaria de Ciências e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul.

 

A Implantação do POLO DE MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DO VALE DO JAGUARI, juntamente com o atual NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DO VALE DO JAGUARI – NUDETEC significou para a região o marco de uma nova concepção no que diz respeito a sua estratégia de desenvolvimento regional. Em torno do POLO DE MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DO VALE DO JAGUARI foi costurada uma vontade política, envolvendo os principais agentes socioeconômicos desta região, principalmente a Universidade, o Instituto Federal Farroupilha, os Poderes Públicos Municipais, o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia; e, o setor produtivo. Esta vontade já foi expressa quando a URI – Campus Santiago criou o NADRI – Núcleo de Ações de Desenvolvimento Regional Integrado e organizou o 1º FORDRIN – Fórum de Desenvolvimento Regional Integrado, no ano de 1995; e, pelos conhecimentos adquiridos através das metodologias participativas usadas, teve novas bases lançadas com o desenvolvimento do Planejamento Estratégico Regional desenvolvido em 2010.

 

A URI teve, neste período, decisivo papel articulador e coordenador. O NADRI e o FORDRIN iniciaram esse processo e o NUDETEC teve o seu papel como ferramenta de desenvolvimento. O entusiasmo continua e o tempo poderá demonstrar o acerto dessas ações realizadas.

 

A URI, desde suas origens, integra-se ativamente com a comunidade regional e traz sempre bem presente a proposta: “integrar para desenvolver”.

 

Neste sentido, e no caso específico da sua região de abrangência, parte-se para programas mais complexos. Por isso mesmo, a atual gestão busca atenção especial para que seu projeto se solidifique, sem perder de vista seus principais objetivos.

 

Cabe ressaltar, que em 14 de maio de 1996, em reunião do CONSELHO REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO (COREDE-CENTRO), o NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE SANTIAGO foi aprovado pela assembleia geral do referido conselho.

 

Cabe referir também, que em 22 de maio de 1996, a Prefeitura Municipal de Santiago, em convênio com o SENAI, lançou oficialmente o Programa Municipal de Desenvolvimento Agroindustrial, visando difundir os processos de industrialização de matérias-primas, provenientes da produção agropecuária.

 

Em 4 de julho, o secretário de C & T do RS lançou, publicamente, na presença de inúmeras autoridades da região o Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico do Vale do Jaguari – NUDETEC – VALE DO JAGUARI, iniciativa inserida num programa de elevar a capacidade instalada de C & T, na metade sul do Estado.

 

A partir daí, diversos projetos foram implementados; e, certamente, contribuíram com mudanças significativas na economia e no contexto regional. A olhos vistos, ocorreram mudanças na agroindústria, na apicultura, na bacia leiteira regional, na plasticultura, na fruticultura e nos conceitos de tecnificação e irrigação de lavouras, concomitantes ao desenvolvimento de pesquisa e difusão de tecnologias, através de projetos desenvolvidos pelos técnicos da universidade, em parceria com a Secretaria de Ciências e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul.

 

Com o atual contexto regional, a partir do novo desenho de regiões de desenvolvimento, com a criação do COREDE VALE DO JAGUARI, conforme decreto 45.436, publicado no diário oficial em 10 de Janeiro de 2008, abrangendo nove municípios, sendo eles: Cacequi, Capão do Cipó, Jaguari, Mata, Nova Esperança do Sul, São Francisco de Assis, São Vicente do Sul, Santiago e Unistalda. Levando-se em conta a matriz de fortalezas e oportunidades apresentadas no planejamento estratégico, fez-se necessário a implementação do POLO DE MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DO VALE DO JAGUARI, para estabelecer relação direta com a secretaria de Ciências e Tecnologias do RS.

 

 

OBJETIVOS

Instituir um Polo de articulação entre a geração e difusão de tecnologia, com a profissionalização de recursos humanos, para atuar no desenvolvimento de programas e projetos voltados à capacitação tecnológica, qualificação produtiva, modernização e melhoria nas áreas da agropecuária industrial, arquitetura, engenharias, saúde, turismo, moveleira, florestamento e tecnologia de informação.


Desenvolvido pelo Núcleo de Informática/NI
CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 32513151 / 3251-3157