Notícias

Integrante do grupo russo Pussy Riot é hospitalizada

01/02/2013

Uma das integrantes do grupo punk russo Pussy Riot, Nadezhda Tolokonikova, que cumpre uma pena de dois anos de prisão em um campo, foi hospitalizada para que sejam realizados exames médicos, anunciou nesta sexta-feira à AFP o serviço federal penitenciário russo (FSIN).

– Nadezhda não está doente. Foi hospitalizada a pedido próprio e de seu advogado para se submeter a exames médicos em um hospital para detidos – indicou à AFP uma porta-voz do FSIN.

A porta-voz não informou a data de sua hospitalização. Outra integrante do grupo, Yekaterina Samutsevich, colocada em liberdade em outubro, indicou nesta sexta-feira à rede de televisão Dojd que Nadezhda "sofria há muito tempo com dores de cabeça que podem ser consequência de uma doença grave".

Em fevereiro de 2012, três jovens integrantes do grupo Pussy Riot, Nadezhda Tolokonikova, Yekaterina Samutsevich e Maria Alyokhina, subiram ao altar da catedral ortodoxa do Cristo Salvador em Moscou e cantaram uma oração punk na qual pediam à Virgem Maria que tirasse o presidente russo, Vladimir Putin, do poder.

Em agosto, um tribunal de Moscou condenou as três mulheres a dois anos de internamento em um campo por "hooliganismo motivado por ódio religioso". Após um processo em apelação em outubro, Samutsevitch foi libertada, enquanto o tribunal confirmou a condenação das outras duas integrantes.

 

 

 

 

Fonte: Zero Hora


Esta notícia foi visualizada 452 vez(es).


Mais notícias

Desenvolvido pelo Núcleo de Informática/NI
CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 32513151 / 3251-3157