Notícias

Neto se desculpa por mandar Seleção "tomar no c..." e promete torcida

14/06/2013

 Grupo Bandeirantes de Comunicação divulgou nesta sexta-feira um comunicado no qual o comentarista José Ferreira Neto se desculpa por declaração polêmica dada na quarta-feira. Apresentador do programa Jogo Aberto, Neto deixou escapar um “vai tomar no c..., Seleção” durante a exibição da entrevista coletiva do atacante Fred em Goiânia, cidade na qual a equipe de Luiz Felipe Scolari realizou parte de sua preparação para a Copa das Confederações.

Enquanto o camisa 9 do Fluminense falava como jogador da Seleção Brasileira, o comentarista – sem perceber o microfone aberto – pediu para chamar uma matéria a respeito dos 20 anos da conquista do Palmeiras no Campeonato Paulista de 93. “Vai tomar no c..., Seleção. Vou falar do Palmeiras, velho”, declarou.

Em declaração no programa desta sexta-feira, transcrito pelo Grupo Bandeirantes e divulgado à imprensa, Neto assumiu a responsabilidade pela gafe cometida e reconheceu a “falta de educação”. “Não representa aquilo que eu sinto pela Seleção Brasileira. Vocês podem ter certeza absoluta em relação a isso”, assegurou.

Na quinta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nota de repúdio a respeito do caso. “Os integrantes da comissão técnica e os jogadores não podem deixar de manifestar o seu repúdio pela maneira ofensiva e desrespeitosa com que o ex-jogador Neto se referiu à Seleção Brasileira, orgulho dos torcedores brasileiros e a maior vencedora de futebol do mundo”, declarou a entidade.

Confira a declaração de Neto:

“Quero pedir desculpas. Na quarta-feira, vocês ouviram um palavrão meu sobre a Seleção Brasileira. Fui eu mesmo que falei e sou responsável por isso, gente. Achei que o som estava fechado, não era para ir ao ar, é claro. Mas isso não diminui o meu erro. Foi para o ar e eu quero pedir desculpas por aquela falta de educação minha, que não representa aquilo que eu sinto pela seleção brasileira. Vocês podem ter certeza absoluta em relação a isso.”

“Eu joguei na Seleção Brasileira por muito tempo, vesti a camisa muito tempo. Acho o Paulinho um dos maiores jogadores do futebol brasileiro, acho o Fred um baita de um jogador. Sempre respeitei as histórias dos jogadores, não tenham nenhuma dúvida disso. O Grupo Bandeirantes me dá liberdade total para fazer as críticas, para que eu possa ser realmente crítico na hora que tenho que ser, naquilo que eu tenho que pensar, mas também pensando e jogando junto com a Seleção Brasileira.”

“A gente tem o Oscar, que é um baita jogador, a gente tem o Thiago Silva, o David Luiz. Então, a gente está aqui torcendo pela Seleção Brasileira. E eu peço desculpas não só aos jogadores e ao Felipão, mas ao povo brasileiro que estava assistindo a Bandeirantes.”

 

Por: João Leones

Fonte: http://esportes.terra.com.br


Esta notícia foi visualizada 757 vez(es).


Mais notícias

Desenvolvido pelo Núcleo de Informática/NI
CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 32513151 / 3251-3157