Notícias

Você sabia que o chá é a segunda bebida mais consumida no mundo?

04/02/2015

- O Sudeste vive uma crise histórica de falta d’água. Portanto, mesmo que a crise seja por lá, nunca é demais repetir dicas para economia de água:

 

 

 



- Época de férias. Vamos falar de viagem? Que tipo de viajante você é?
Viagem de conhecimento são viagens em que a pessoa vai a um determinado lugar (de preferência em outro país, com cultura diferente), para aprender algo novo, que pode ter a ver com religião, filosofia, história de um país, entre outras coisas. As viagens de conhecimento têm alguns importantes pontos e um fechamento. Vamos aos pontos:

 

1. Especialista: o roteiro é feito em companhia de um especialista. E desenvolvido a partir de um tema e não de um destino. “
 2. Roteiro: após a escolha do país, o roteiro da viagem será desenvolvido a partir da temática. Ou seja, não necessariamente você vai conhecer os principais pontos turísticos do local, mas, sim, aqueles que se relacionam com o tema.
3. Anfitrião: diferente do especialista, o anfitrião cuida de todas as questões burocráticas da viagem, da infraestrutura das viagens, dos horários, check-ins, entre outras coisas.
4. Grupo: as pessoas que compõe as viagens não são meros espectadores, mas vívidos participantes. Por terem interesse na temática proposta ou no especialista, participam ativamente das discussões geradas a partir das discussões apresentadas. “Isso torna a viagem mais rica.
5. Fechamento: é a possibilidade de absorver e discutir sobre as informações recebidas seja pelo ambiente, guias locais ou pelo próprio especialista. “Esta transformação da informação em algo adquirido é que chamamos de conhecimento.


 

- Depois da refeição, no fim da tarde ou antes de dormir. O chá – que teve sua origem no Oriente – tornou-se popular em vários países e também no Brasil, sendo a segunda bebida mais consumida no mundo, depois da água. No início, o chá era consumido apenas com objetivo medicinal, mas aos poucos passou a ser usado, como bebida. Existe uma série de chás que contribuem para a saúde. O chá verde, por exemplo, que tem como princípio ativo os polifenois (responsáveis por diminuir os níveis de colesterol), contribui para a saúde bucal e tem efeito antioxidante, diminuindo a produção de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento. Com características semelhantes, o chá preto tem mais cafeína e deve ser tomado até as 6 horas da tarde para não interferir no sono. Apesar da tradição das folhas de chá (verde e preto) no Brasil, os de camomila, hortelã, erva-doce, capim-cidreira e boldo estão entre os mais consumidos. Outra paixão brasileira é o chá-mate, derivado da erva-mate. Além de ser utilizado de diversas maneiras, seja no chimarrão, seja no tererê (bebida típica da Região Centro-Oeste), é refrescante e tem propriedades antioxidantes.

 

 

 

Núcleo de Comunicação

URI- Santiago


Esta notícia foi visualizada 585 vez(es).


Mais notícias

Desenvolvido pelo Núcleo de Informática/NI
CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 32513151 / 3251-3157