Notícias

Veja o que foi notícia nos Redações 106 desta quinta

19/02/2015

Ensino: Após o feriadão de carnaval, a quarta-feira (18) de cinzas foi dia de acordar cedo para alunos da rede privada de ensino do Rio Grande do Sul. Cerca de 600 mil estudantes de instituições particulares começaram a voltar às aulas. O calendário escolar da rede privada prevê início em 18 de fevereiro e término em 18 de dezembro, mas cada escola instituição tem autonomia para definir suas datas desde que sejam cumpridos os 200 dias letivos previstos, explicou o Sindicato do Ensino Privado (Sinepe-RS). Em 2015, serão sete feriados no calendário escolar de 2015, cinco deles em segundas ou sextas-feiras, o que estenderá alguns finais de semana ao longo do ano letivo. A Escola de Educação Básica da URI realiza formações continuadas aos professores desde a última semana. Nesta quinta, os alunos serão recepcionados na instituição e os pais da educação infantil e ensino fundamental terão as primeiras reuniões. Veja o cronograma no www.urisantiago.br

 

Escola recepcionou alunos na tarde desta quinta

 

Foto: NUCOM

 

Santiago: Segundo a Prefeitura de Santiago, o Estação Folia, foi um grande sucesso. Entre os inúmeros agradecimentos, a administração agradece a Comissão Organizadora do carnaval.  É meta do município fazer com que o carnaval torne-se um dos principais eventos culturais de Santiago e região.

 

 


 

Saúde: A partir desta quinta, 70 planos de saúde de 11 operadoras estão suspensos por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O anúncio foi feito na semana passada diante de reclamações de usuários sobre questões como descumprimento de prazo de atendimento e negativa indevida de cobertura. De acordo com a ANS, a suspensão é preventiva e perdura por três meses. A estimativa é que a medida proteja cerca de 580 mil beneficiários. Paralelamente, a ANS anunciou a reativação de 43 planos de saúde que estavam com a comercialização suspensa, já que houve comprovada melhoria no atendimento ao cidadão nos últimos três meses. Dados da agência indicam que há hoje no país 50 milhões e 800 mil consumidores com planos de assistência médica e 21 milhões com planos exclusivamente odontológicos.

 

Foto: Agência Brasil

 


Política: Com a popularidade em baixa e em meio à iminente divulgação da lista de parlamentares e outras autoridades que serão investigados na Operação Lava Jato, a presidente Dilma Rousseff tenta reverter a agenda negativa na qual seu governo está inserido. Dilma prepara uma ação de marketing para anunciar na semana que vem um programa desenvolvido para diminuir a burocracia e agilizar o fechamento de uma empresa, informou o jornal O Estado de S. Paulo nesta quinta-feira. O Brasil é frequentemente apontado como um dos países mais burocráticos e de ambiente mais desfavorável aos negócios no mundo. A medida é uma iniciativa da Secretaria da Micro e Pequena Empresa. Na mesma data, também será lançado o "empresômetro", uma ferramenta desenvolvida para medir, em tempo real, o número líquido de criação de novas micro e pequenas empresas em território nacional.

 

 

 

Núcleo de Comunicação

URI- Santiago


Esta notícia foi visualizada 333 vez(es).


Mais notícias

Desenvolvido pelo Núcleo de Informática/NI
CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 32513151 / 3251-3157