Notícias

Conexão 106 explicou o que é o projeto Rondon

24/02/2015

- Na noite desta terça-feira (24), acontece o II Festival Integrado Caio Fernando Abreu- especial Volta às Aulas, a partir das 20h. O show cultural teria acontecido na segunda, mas devido ao mau tempo foi transferido para esta terça-feira. O evento é organizado em parceria com o Diretório Central de Estudantes. Terá shows com três bandas de Santiago, manifestações culturais, brincadeiras dos cursos, entre outras atrações. É aberto à comunidade santiaguense. As aulas serão normais dias 25 e 26 de fevereiro e no dia 27, sexta-feira, haverá formação continuada dos professores, portanto, não haverá aula. No sábado, a aula será normal.

 

 






- De 24 de janeiro a 07 de fevereiro, a URI Santiago esteve na cidade de Bananeiras, na Paraíba, participando da Operação Porta do Sol. A operação foi coordenada pelo professor Eduardo Fank Saldanha, tendo como vice-coordenadora a professora Francine Minuzzi Gorski. O Rondon ocorre via Ministério da Defesa, sendo um projeto de integração social que envolve a participação voluntária de estudantes universitários na busca de soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes e ampliem o bem-estar da população.

 

O Rondon não é novidade na URI Santiago, o que demonstra a qualidade dos projetos elaborados pela Universidade, que culminam com as participações: em janeiro de 2013, a operação foi em Neópolis, Sergipe. Já em julho de 2012, a URI Santiago esteve na Capim Dourado, em Miranorte, Tocantins. Nesta operação, foram 60 rondonistas voluntários com 30 instituições de ensino superior participantes. Os alunos da URI Santiago foram André Fontana Weber (Agronomia), Jaqueline Frescura Barcelos (Arquitetura e Urbanismo), Crischima Lunardi Vacht (Enfermagem), Maique Martins (Administração), Marlise Sabadi (Ciências Contábeis), Patrick Ramires de Souza (Direito), Renan Resta Azzolin (Ciências Contábeis) e Stefania Lopes Martins (Ciências Contábeis). Matéria especial do rondon no www.urisantiago.br

 

 

Foto: divulgação

 


- Santiago: O projeto Baú do Tempo desenvolvido pelo Departamento de Cultura e que tem como objetivo trabalhar a educação patrimonial está participando do livro "Educação Museal: expectativas e narrativas do Governo Federal", que está sendo distribuído para todas as instituições culturais do país. O trabalho ainda recebeu Menção Honrosa do IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus do Ministério da Cultura, junto de outras práticas educacionais inovadoras que contribuem para a formação cidadã e para a democratização dos museus. Veja a matéria em www.pmsantiago.com.br

 

 

 

Núcleo de Comunicação

URI- Santiago


Esta notícia foi visualizada 381 vez(es).


Mais notícias

Desenvolvido pelo Núcleo de Informática/NI
CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 32513151 / 3251-3157