Notícias

Redações 106 desta terça. Em destaque, informações do ensino

24/02/2015

URI: Na noite desta terça-feira (24), acontece o II Festival Integrado Caio Fernando Abreu- especial Volta às Aulas, a partir das 20h. O show cultural teria acontecido ontem, mas devido ao mau tempo foi transferido para esta terça-feira. O evento é organizado em parceria com o Diretório Central de Estudantes. Terá shows com três bandas de Santiago, manifestações culturais, brincadeiras dos cursos, entre outras atrações. É aberto à comunidade santiaguense. As aulas serão normais dias 25, 26 e 27 de fevereiro.

 


Ensino: O começo do ano letivo nesta terça na rede estadual de ensino se dará com o quadro de professores incompleto. Nem mesmo o pedido da Secretaria de Educação ao governo do Estado para nomear 540 professores da fila de espera do último concurso havia sido autorizado até o final da tarde de ontem. Conforme o Censo Escolar de 2014, na rede estadual há um milhão de alunos matriculados. Na última sexta-feira, a falta de professores para o começo do ano letivo motivou protesto do Cpers/sindicato em frente ao Palácio Piratini.

 

Serviços: O contribuinte poderá salvar ou compartilhar dos computadores da Receita Federal informações online do programa gerador da declaração do Imposto de Renda  para usar em diversos dispositivos. Caso tenham certificação digital, os contribuintes poderão, ainda, preencher online a declaração diretamente no site da Receita Federal. Para isso, basta acessar, no início do prazo, o Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) da Receita. A expectativa do órgão para este ano é receber 27,5 milhões de declarações de pessoas físicas.

 

 

Estado: O protesto de caminhoneiros contra o aumento do combustível e alta de tributos permanece desde o começo da manhã desta terça-feira no Rio Grande do Sul. Ao menos 24 rodovias estão bloqueadas em solo gaúcho. As  informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM). Além de se manifestar contra o aumento de combustíveis, eles também reivindicam melhorias nas estradas e a criação de uma tabela com preços fixos a serem cobrados pelo frete por quilômetro rodado, não mais por viagem. Os motoristas têm apoio de agricultores e entidades de classe.  E, a Justiça Federal de Pelotas, determinou que caminhoneiros desocupem os leitos e os acostamentos das rodovias federais no estado obstruídas por protestos e bloqueios da categoria.  Segundo a assessoria da Justiça Federal, a decisão abrange as rodovias BR-293, bloqueada em Candiota, BR-116, onde há protesto em Capão do Leão, e BR-392, em Pelotas.

 

 

Núcleo de Comunicação

URI- Santiago

 


Esta notícia foi visualizada 336 vez(es).


Mais notícias

Desenvolvido pelo Núcleo de Informática/NI
CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 32513151 / 3251-3157