Notícias

Rádio URI FM divulga datas importantes de abril

30/03/2015

Conexão 106

De segunda a sexta-feira

Edição: segunda-feira, 30/03

Jornalista: Sô Canterle


 

 

- Dia 25 de abril, acontece mais uma vez, em Santiago, o Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre - FLISOL.  O Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre é o maior evento da América Latina de divulgação de Software Livre. Ele é realizado desde o ano de 2005, e desde 2008, sua realização acontece no 4º sábado de abril. Em Santiago, o evento é organizado por voluntários, e coordenado pelo professor Luiz Henrique Rauber Rodrigues, do curso de Ciência da Computação. É totalmente gratuito, mas, quem deseja, pode doar alimentos não perecíveis.
 

 

O que: FLISOL
Quando: 25/04
Onde: Laboratório Hacker
Horário: 14h às 18h
Quanto: Entrada franca
 

 

- O dia 26 de março passou, mas as marcas que ele deixou não. Na URI Santiago, aconteceu uma mobilização pela educação, a qual procurou envolver, não apenas acadêmicos da instituição, mas sim, todos os estudantes de Santiago. Chamado de 26-M: Dia Nacional de Luta da Educação, teve o apoio do Diretório Central de Estudantes Cleo Adriano Sabadi Bonoto, reunindo em torno de 100 participantes. A atividade ocorreu na parte da noite, iniciando com discussão sobre a conjuntura política do Brasil e porque precisamos falar sobre o FIES e posterior mobilização. O 26 de março é significativo para a luta pela educação brasileira porque foi o dia que o estudante Edson Luis morreu, em pleno regime militar, por defender os direitos dos estudantes.

 

Além do pronunciamento dos estudantes, as colaboradoras Rita Nicola e Tatiana Ávila (do Serviço de Apoio Educacional), conversaram com os participantes. Tatiana colocou a todos a posição da Universidade. Explicou que a URI é comunitária, não recebe auxílio municipal, estadual ou federal. “Estamos em uma situação tão complicada quanto o aluno. Estamos acompanhando, solidários aos alunos, e porque precisamos do FIES também”.

 

A URI aderiu a proposta do FIES, acreditando ser uma boa alternativa para os alunos cursarem o ensino superior. Uma prova disso é que em 2010 eram 150 alunos com FIES, hoje, são em torno de 900.

 

Conforme Daniele Gindri, uma das participantes do movimento e integrante do DCE, a partir da sexta-feira (27) os estudantes que participaram da mobilização já começariam reuniões para deliberar as próximas ações e mobilizações.

 

O movimento tem um grupo no Facebook: o nome do grupo é 26M A luta pela educação continua.

 

Foto: NUCOM

 

 

- Datas importantes de abril, divulgadas pelo seu Conexão.

 

-

 

 

Núcleo de Comunicação

URI- Santiago


Esta notícia foi visualizada 379 vez(es).


Mais notícias

Desenvolvido pelo Núcleo de Informática/NI
CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 32513151 / 3251-3157